Trip: A importância de cuidar

Embora quase tudo que faz a gente perder o sono gira em torno de problemas concretos, nas fronteiras da vida, posso dizer que, cuidando de pessoas que estão corajosamente enfrentando a realidade de seu fim de vida, ainda não ouvi ninguém dizer que a vida valeu a pena porque nunca foi demitido, nunca levou um fora ou nunca perdeu a paciência. Ainda não ouvi ninguém se despedir da vida dizendo: “Morro feliz porque sempre tive bom senso”.

Nem dizer que está morrendo em paz porque tem casa própria ou porque teve um carro zero todo ano. As viagens mais importantes que fizeram foram aquelas onde puderam encontrar a si mesmos e à sua própria força e coragem, seja escalando altas montanhas ou numa volta no corredor do hospital onde puderam experimentar a vitória de caminhar sobre os próprios pés.

Por enquanto, ninguém me confidenciou que estava pronto para morrer porque sempre teve dinheiro guardado para uma eventualidade ou porque soube como esconder seus sentimentos.

Neste tempo de distanciamento social, cuidar se tornou a coisa mais importante nesta vida. Cuidar de si, cuidar de quem a gente ama, cuidar de pessoas desconhecidas que adoecem, cuidar de quem fica e sobrevive a todo esse caos.

A cura não está ao alcance de todos, mas a atitude de cuidar é escolha disponível a todos.

Saiba Mais

A Casa Humana é a primeira empresa de assistência domiciliar de alta performance especializada em cuidados paliativos e reabilitação na cidade de São Paulo. Sob o comando da geriatra Dra. Ana Claudia Quintana Arantes, uma das pioneiras no Brasil no ensino e assistência destes cuidados, a Casa Humana oferece atendimento a paciente em fim de vida, focado nas necessidades física, psicossocial e espiritual deles e de seus familiares.

Numa outra perspectiva, a Associação Casa Do Cuidar chegou num tempo de maestria. Não só ensinando com excelência a arte e conhecimento de Cuidados Paliativos mas também oferecendo o melhor disso tudo para quem realmente interessa: a pessoas que tem sua vida  ameaçada por uma doença grave e seus familiares.  A associação nasceu para fazer o melhor pela vida destas pessoas.

 A Danone, copatrocinadora do Prêmio Trip Transformadores, acaba de ser reconhecida como Empresa B. Certificar uma empresa como B, portanto, auxilia os consumidores a identificar as marcas que unem, numa visão de mercado integrada, desenvolvimento de negócios e desenvolvimento humano e do planeta.

Fonte: Portal da Revista Trip

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here