Amor incompreendido, de Bárbara Vaz

Amor incompreendido
Amar transcende a alma
Traz calma
Mas e o trauma?
A falta fala
E afasta a agalma
Que o amor traz
Ausente
Não é mais presente
A gente sente
E o coração não mente
Quando diz que está doente
E se foi
Pra onde tanto quis
levou consigo o sofrimento
que um dia esteve por um triz
O amor que sentiu
Ofertou pra quem se abriu
As mágoas que marcaram
Se apagaram sem um final feliz
Bárbara Vaz Sarmento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui