Conversas sobre a morte

Por que a gente deve conversar sobre a Morte?

Embora quase tudo  que faz a gente perder o sono gira em torno de problemas concretos, nas fronteiras da vida, cuidando de pessoas que estão corajosamente enfrentando a realidade de seu fim de vida, ainda não  ouvi ninguém dizer que a vida valeu a pena porque nunca foi demitido, nunca levou um fora ou nunca perdeu a paciência. Ainda não ouvi ninguém se despedir da vida dizendo: “Morro feliz porque sempre tive bom senso”. Nem dizer que está morrendo em paz porque tem casa própria ou porque teve um carro zero todo ano. As viagens mais importantes que fizeram foram aquelas onde puderam encontrar a si mesmos e à sua própria força e coragem, seja escalando altas montanhas ou numa volta no corredor do hospital onde puderam experimentar a vitória de caminhar sobre os próprios pés. Por enquanto,  ninguém me confidenciou que estava pronto para morrer porque sempre teve dinheiro guardado para uma eventualidade ou porque soube como esconder seus sentimentos. Aqueles que adoram repetir as palavras “nunca vou passar por isso” ou “sempre serei assim” devem se preparar para uma boa lição lá na na frente da vida, quase na última curva da existência. As conversas sobre amorte nos últimos anos tem trazido oportunidades valiosas de viver uma vida com sentido, valor e significado, em todas as sua dimensões.

Nossas conversas serão destinadas a vida, embora a morte seja o tema mais importante destes dois dias!

Programa:
Dias 13 e 14 de janeiro de 2018, sábado e domingo, das 10h às 17h.
No TE Arte, Rua Thomas Gonçalves, 138, Vila Gomes – Butantã, São Paulo, SP.

Conversas boas assim:

•Como ajudar alguém que está morrendo
•Tempo: você sabe como perder?
•As pequenas e grandes perdas e mortes do dia a dia
•Como se preparar para a própria morte
•Espiritualidade: religião para o bem ou para o mal?
•Você pode não ser um zumbi existencial: como ressuscitar a própria vida?
•Luto: o tempo da vida depois da morte

Faça a sua inscrição e saiba mais detalhes clicando aqui.

Compartilhar

2 comentários

  1. É uma pena estar vendo somente hoje! Seria um enorme prazer participar desse curso. Vou aguardar ansiosamente pela próxima data.

    Parabéns pela sua humanidade e voz sorridente e doce.

    Me tornei fã e seguidora
    Gratidão por conhece-la, mesmo que virtualmente.

    • Olá Rosilaine! Agradecemos o seu comentário. Acompanhe a agenda da Dra Ana Claudia aqui no site, pois estamos sempre divulgando as novidades. Um abraço!

Deixe sua opinião

Digite eu comentário
Digite seu nome